São Miguel Arcanjo

saomiguel

Os dois mais importante tesouros de Deus são os seus filhos (as) e a Sua Igreja. Tomamos São Miguel como nosso baluarte porque para a Igreja é Ele quem nos defende e defende a Igreja. É preciso invocar e confiar, constantemente, na sua ação, sobretudo, porque os combates que experimentamos por força do carisma nos mostra o quanto precisamos dele.

São Miguel aparece nas Sagradas escrituras várias vezes. A mais significativa para nós, membros da Comunidade, é a que se revela no livro do Apocalipse 12,7-8 – “Houve uma batalha no céu. Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles.”.

Através deste texto, podemos perceber o porquê de sempre nos referenciarmos a São Miguel como sendo um anjo Guerreiro. Sempre aparece nas leituras como um combatente, como um defensor ou como quem luta contra o Inimigo de Deus.  E nestes tempos difíceis para os cristãos, para os filhos de Deus o tomamos como nosso protetor e guia.

“São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate”

X