Celibato

Desde os tempos mais remotos da Igreja de Nosso Senhor, a vida celibatária é reconhecida, a vida de  homens e mulheres que, renunciando ao matrimônio, faz-se disponível ao serviço da Igreja e do próximo. Em nossa Comunidade, a escolha pela vida celibatária deve-se unicamente ao chamado que Deus pode, livremente, fazer a cada alma e esta, livremente,  ao responder este chamado deverá passar por um importante processo formativo.

O processo de formação para a vida celibatária pode ser abraçada por qualquer membro da comunidade, em qualquer estágio de seu processo formativo e em qualquer das duas realidades presentes (comunidade de vida e comunidade de aliança).

Os passos necessários para o discernimento vocacional deve se iniciar, primeiramente, com o formador pessoal, que após avaliar cuidadosamente, embasado nos ensinamentos da Santa Igreja, poderá encaminhar o membro para o caminho de formação  para a vida celibatária.

A Vida celibatária é uma vocação concedida por Deus aos seus filhos e filhas e que se realizam neste caminho de Consagração. É a forma por excelência de seguimento a Cristo na vivência radical dos preceitos evangélicos de pobreza, obediência e castidade.

X