Espiritualidade Cristã: A Leitura Orante da Palavra

            A Sagrada Escritura é o lugar do encontro com o Verbo que se fez carne e deu-nos a conhecer os mistérios de Deus. Por este motivo, conhecer as Escrituras é conhecer o próprio Cristo. Esse conhecimento deve se dar de modo pessoal e íntimo. A Palavra de Cristo é viva, assim como Ele, e fala a nós, encontrando-nos no silêncio do coração. Assim, podemos adentrar no Seu próprio coração, em Sua vida que dá-nos a vida. Entrar no coração de Cristo por meio da Palavra é experimentar uma união com Ele de modo pessoal e concreto.

A relação que daí se estabelece, configura-se como amizade com Deus, que possibilita o encontro entre duas pessoas, a do homem que O busca e de Deus que se dá a conhecer. Esta relação somente pode ser alimentada pela lógica do amor. É por amor à Deus que brota em nosso coração a necessidade de encontrá-lo e ouví-lo. Da mesma forma, Deus espera para encontrar a nós por muito nos amar. Por isso, enviou o Seu Filho que nos deu condições para nos relacionar com Pai, por meio da Sua vida encarnada e expressa nos Evangelhos.

            A possibilidade desta relação é inaugurada pela Paixão que abre a nós o acesso para esta amizade com Deus. Toda a Sagrada Escritura pode ser resumida no mistério de Cristo, desse modo, é através dela que podemos encontrar com o Verbo de Deus, que se encarnou para ressuscitar e inaugurar ao homem o acesso à Trindade.

O coração de Cristo designa a Sagrada Escritura, que dá a conhecer o coração de Cristo. O coração estava fechado antes da Paixão, pois a Escritura era obscura. Mas a Escritura foi aberta após a Paixão (…).

            É por meio da Palavra e da intimidade com ela que é possível conhecer e entrar nos mistérios de Deus, vivendo e encontrando com Aquele que abre aos homens a possibilidade de relacionar-se de forma amorosa com Deus. Por meio do encontro com Jesus vivo na Palavra, é possível o acesso ao tesouro de Suas riquezas.

            Com a vida de Cristo, presente na Palavra, é possível acesso à Trindade. Encontrar-se com Jesus faz com que possamos experimentar, pelo Espírito, a vida com o Pai. Esse movimento estabelece uma ligação de amor entre Deus e nós, em uma relação de amor e doação.

Juliana Silva Antunes – Consagrada Comunidade Católica dom de Deus.

 

X